Videoclipe revela edição para colecionadores de Assassin’s Creed Brotherhood

A publicadora de jogos eletrônicos Ubisoft soltou videoclipe em que revela o conteúdo da “edição para colecionadores” (collector’s edition) de Assassin’s Creed: Brotherhood, jogo de ação que recria virtualmente a cidade de Roma, Itália, exibindo como ela seria no ano de 1503.

Assassin’s Creed: Brotherhood estreou em 16 de novembro de 2010.

O jogo roda em plataformas PC, Playstation 3 (PS3) e Xbox 360 (X360).

Quem assina é a produtora Ubisoft Montreal, da cidade de Montreal, Canadá — em colaboração com escritórios da Ubisoft nas cidades de Annecy (França), Bucareste (Romênia), Québec (Canadá) e Singapura (Singapura).

Collector’s Edition

O pacote traz um livro de artes conceituais usadas na produção, um mapa da cidade de Roma, Itália (ambiente do episódio), um pôster assinado pelos desenvolvedores de Brotherhood e ainda as primeiras imagens da ainda inédita história em quadrinhos inspirado na série Assassin’s Creed.

Há um disco extra com cenas dos bastidores e explicações sobre o desenvolvimento do jogo, além da completa trilha sonora de Brotherhood, assinada por Jesper Jakobson Kyd, compositor de séries como Gears of WarTom Clancy’s Splinter Cell.

GabeUbi, gerente de comunicação da Ubisoft, abre a pacote e descreve dois cenários exclusivos (para o modo para um jogador) que constam na edição para colecionadores: Aqua Gears (Aqueduct) e Trajan Market.

Por fim, o mais diferenciado mimo do pacote colecionável é uma caixa à lá “jack-in-the-box”, daquelas que a gente abre e aparece surpresa. A caixa é preta, texturizada e tem fechadura (chave inclusa, logicamente). Quando aberta, salta de dentro um arlequim com sádicas feições.

TV Ad

Jogo e série

Assassin’s Creed Brotherhood começa após os eventos do segundo episódio da série, em 1499, quando a cidade de Monteriggioni (Villa Auditore), Itália, é atacada pelo exército Borgia, sob o comando de Cesare Borgia. O tio do assassino (e protagonista) Ezio Auditore da Firenze, Mario, é morto e o valioso item Maçã do Éden é roubado. A história avança até 1503, quando Ezio, agora um mestre-assassino, percorre as ruas da cidade de Roma à caça dos assassinos do tio e da Maçã do Éden, item requerido pela Seita dos Assassinos.

A trama da história é cercada de intrigas políticas, famílias em decadência e um clero corrupto. Conforme a produtora, são cerca de 15 horas de jogo e, pela primeira vez na história da série, também há modos de partidas para múltiplos jogadores. A sequência contempla assassinatos, perseguições a cavalo, batalhas em navios, cenas de sexo e conta com a participação especial de Leonardo da Vinci.

Firenze é um assassino profissional, muito habilidoso no manuseio de armas e um acrobata capaz de escalar paredes, saltar de parapeitos e realizar uma série de movimentos arriscados (inspirados na prática esportiva do “parkour”). Quando não está fazendo nada disso, entretanto, Firenze prefere se disfarçar em meio à multidão, passando despercebido. Ou seja, ele é discreto, porém mortal.

E a trilha sonora, novamente assinada por Jesper Jakobson Kyd, tem um ambiente mais pesado, tenso, misturando músicas eletrônicas e sinfônicas. Kyd é um compositor especialista em jogos e sua lista de trabalhos inclui músicas para séries como Gears of WarsHitmanSplinter CellUnreal Tournament.

Diz a Ubisoft, (juntos) os dois primeiros episódios da série superaram 16 milhões de cópias.

Livro

A editora americana Penguim Books publica o livro Assassin’s Creed: Renaissance (2009), cuja história é inspirada no jogo eletrônico Assassin’s Creed 2 (Ubisoft), e conta com o personagem Ezio Auditore da Firenze, protagonista do jogo, além de ser ambientado na Itália do século XV.

A obra é do escritor Oliver Bowden e narra eventos que levam à formação de Ezio como assassino profissional. Há ainda menções sobre um negócio envolvendo a mãe de Ezio e algumas pinturas de um famoso pintor.

Recorde (Guinness)

Assassin’s Creed 2 (AC2) detém o recorde de “Jogo Mais Estampado em Capas”, conforme os organizadores do Guinness World Records — o livro dos recordes. AC2 estampou nada menos que 127 capas de publicações ao redor do mundo. Foram capas em 32 países e, somente no Reino Unido, o feito ocorreu 17 vezes.

“O interesse mundial pela marca (Assassin’s Creed), com a energia e a criatividade de nossa equipe de comunicação permitiu elaborar uma combinação vencedora e estou orgulhoso em receber este recorde mundial do Guinness“, disse Alain Corre, alto executivo da Ubisoft.

“Os materiais enviados pela Ubisoft eram extremamente completos, traziam muitos e muitos detalhes em cada publicação que destacava o jogo”, disse Gaz Deaves, editor do Guinness.

Assassin’s Creed Brotherhood (produção: Ubisoft Montreal | distribuição: Ubisoft), PC, PS3, X360.

Estreia:

América, novembro de 2010

Ásia, novembro de 2010

Europa, novembro de 2010

Oceania, novembro de 2010

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: