Microsoft mostra versão de jogo Pac-Man que não utiliza joysticks

A empresa Microsoft, fabricante da plataforma Xbox 360 (X360), apresentou ao público uma inédita versão do clássico jogo Pac-Man. A novidade é que o título pode ser experimentado sem a utilização de joysticks. Para jogar, basta usar as próprias mãos.

O jogo não tem previsão de estreia.

O título roda em plataforma Xbox 360 (X360). Quem assina é a produtora Namco Bandai, da cidade de Tóquio, Japão.

De acordo com a produtora de jogos eletrônicos Namco Bandai, proprietária da série Pac-Man, “você usa as próprias mãos para movimentar o personagem e escapar dos inimigos fantasmas”.

O site Andriasang disse que o título vai ter modos de partidas jamais vistos. “A câmera do Kinect lê os movimentos da pessoa e os transmite ao jogo”, explica. “Enquanto uma das mãos controla o protagonista Pac-Man, a outra pode realizar outras funções, como a de apanhar frutas e itens que aumentam a pontuação”, completa.

Por enquanto, a inédita versão de Pac-Man é apenas um minijogo do extraoficialmente batizado Kinect Brain Age, jogo cerebral que está sendo produzido em parceria com Ryuta Kawashima, pesquisador de neurociência e co-criador da série de jogos Brain Age — sucesso absoluto da plataforma portátil Dual Screen (DS), da Nintendo. Há minijogos de quebra-cabeças e de matemática, e outros envolvendo coordenação motora.

O site Gamesport acredita que a versão apresentada de Pac-Man tem potencial para se tornar um jogo próprio — e não somente ser um minijogo de Kinect Brain Age.

O chamado Kinect Brain Age é compatível com o Kinect, sistema de controle que dispensa a utilização de joysticks e é exclusivo da plataforma X360.

Kinect

O Kinect (antigo “Projeto Natal”) é um sistema de controle que funciona por meio de leitura de movimentos e de som, permitindo que as pessoas usem o próprio corpo e a voz para interagir com jogos e outros aplicativos da plataforma Xbox 360 (X360), da Microsoft.

A tecnologia de “controle por movimento” dispensa parcial ou totalmente o uso de qualquer joystick para jogar. Em vez de usar periféricos cheios de botões e alavancas direcionais, equipamentos musicais e volantes, você brinca usando o próprio corpo. Em um jogo de futebol, se a pessoa pular ou chutar, o jogador virtual poderá repetir os movimentos em campo.

“Para muitas pessoas, o controle é uma barreira”, diz Kudo Tsunoda, diretor de criação da Microsoft. “Queríamos criar um controle que ninguém precisasse pegar para experimentar, nada de manuais de instrução ou configurações complicadas para aprender”, explica.

O tal sistema Kinect é integrado por câmera, microfone e sensores de movimentos. Esses itens, aliás, é que permitem captar variações na expressão facial, os movimentos das pessoas e ainda identificar comandos de voz, como “Xbox, play music” para o console tocar alguma música. Além disso o Kinect identifica o ambiente e alguns objetos ao redor, inclusive coisas pessoa está sentada e se a pessoa está segurando algo (você pode usar uma almofada como raquete de tênis, por exemplo).

Marc Whitten, da Microsoft, dá créditos à concorrente Nintendo por atrair um novo mercado, com pessoas que não estavam experimentando jogos. “Eles fizeram coisas maravilhosas e trouxeram novos consumidores”, mas, entretanto, “o que estamos trazendo com o Kinect é totalmente diferente, porque as pessoas controlam tudo por meio do seu próprio corpo e ainda podem usar a voz para se comunicar com o sistema”.

Kinect Brain Age (produção: Namco Bandai |publicação: Microsoft Game Studios), X360.

Estreia:

América, sem previsão

Ásia, sem previsão

Europa, sem previsão

Oceania, sem previsão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: